A+ | A- | Contraste | Mapa do site | Webmail | Eventos | Perguntas frequentes

NOTÍCIAS

Câmara

Em conjunto, vereadores sugerem isenção de impostos para comércio paralisado

23 de março de 2021

Inúmeras matérias foram aprovadas na sessão desta terça (23); entre elas, uma indicação assinada por todos os vereadores, sugerindo ao Executivo, que se faça um estudo para verificar a possibilidade e o impacto financeiro de isentar o pagamento do IPTU e da taxa de alvará às empresas que tiverem suas atividades paralisadas em virtude da pandemia (aquelas consideradas não-essenciais). O objetivo é tentar minimizar os impactos econômicos. "Que o poder público possa avaliar essa possibilidade de dar isenção total ou parcial referente a esses dois impostos municipais", destacou o presidente da Casa, Elísio Rodrigues.

O vereador Carlos Machado da Silva (Kaká) lembrou que o município, no passado, concedia isenção na taxa de alvará a algumas instituições, mas isso deixou de acontecer após a aprovação do novo Código Tributário. "É um tipo de incentivo muito importante. Sabemos que renúncia de receita também gera problema, mas seria bom que a Prefeitura fizesse um estudo para conceder essa isenção pelo menos enquanto durar essa pandemia", observou. 

Covid-19 - Também em conjunto, os parlamentares aprovaram uma indicação à Secretaria de Saúde, solicitando que avise antecipadamente o Legislativo sobre as reuniões de enfrentamento e combate à pandemia, para que os membros da Comissão de Saúde e Vigilância Sanitária possam também participar. "Fizemos esse requerimento porque a Câmara precisa participar dessas reuniões, saber como são feitos esses decretos e qual é a real situação do nosso município porque somos cobrados pela população nas ruas e pelos meios de comunicação e precisamos opinar e saber o que esta Casa pode fazer a mais para ajudar", disse Elísio.  

Ao final da sessão, ele informou que, em conformidade com o atual decreto em vigor, as sessões legislativas voltarão a acontecer somente após o fim do decreto da prefeita Carla Machado. 

Leia também: Alan requer Restaurante Popular no município

© 2019-2020 Câmara Municipal de São João da Barra. Todos os direitos reservados Esse site foi desenvolvido por Jean Moraes